VIII edição do festival ‘Português Perto’ em Ourense

12, 13 de março



De 12 a 23 de março decorrerá em Ourense a VIII edição do festival ‘Português Perto. Aquelas nossas músicas’ organizado pola Vice-Reitoria do Campus de Ourense-Universidade de Vigo em colaboração com a Pró-Academia Galega da Língua Portuguesa (Pró-AGLP), a Associaçom Galega da Língua (AGAL) e a AC. Algaravía.

viii-portugues-perto

A atividade com que dará começo o festival será o OPS ‘O galego como oportunidade competitiva e privilegiada’ que ministrará a professora Graciela Lois para um grupo de alunas e alunos de Empresariais e Turismo e que decorrerá na segunda-feira 12 de março, às 11h00, na Sala 1.1 da Faculdade de Ciências Empresariais e Turismo do Campus de Ourense.

Outra das atividades com que participa a AGAL na presente edição do ‘Português Perto’ é a exposição “As Cantigas de Santa Maria. Arte Bdieval”, que se poderá visitar na entrada da Biblioteca Rosalia de Castro durante as duas semanas de duração do festival.

Trata-se de uma exposição itinerante de banda desenhada, desenvolvida por BDBanda com a colaboração da AGAL, que oferece uma aproximação inédita a estas cantigas explorando a sua vinculação com a banda desenhada. Esta amostra, editada em português, analisa como nestas cantigas, para lá da importância musical, cabe destacar um «exemplo pioneiro da novena arte». São dez painéis a toda cor em que se analisam de modo didático alguns dos recursos próprios da banda desenhada que se podem encontrar nesta obra, tais como a composição de página, a representação do tempo ou a integração de texto de desenhos. A exposição também achega informação de contexto sobre questões como a história, a língua ou a elaboração dos códices medievais.

O Português Perto nasce para aproximar a cultura lusófona ao público universitário e o de Ourense em geral, para que sintam a Lusofonia como lugar próprio da cultura galega. Para mostrar aquele nosso mundo linguístico e cultural; para evidenciar que, como galegas e galegos, podemos desfrutar da produção artística, musical ou cultural de Brasil, Angola, Portugal, Moçambique, Cabo Verde… interatuar com mais de 230 milhões de pessoas.

Ainda, para o público ver que, com a sua língua, tem um horizonte cultural e linguístico muito mais amplo, para tentar quebrar os preconceitos e fronteiras que a maioria das pessoas colocam, e conseguir que sejam conscientes do mundo de possibilidades que esta via abre.

Pessoas e realidades que falam a nossa língua com diferentes musicalidades, cores, sabores e formas. Uma viagem pela língua portuguesa e a sua música. Redescobre a Galiza através do Brasil, Angola, Portugal…

 

O evento no Fb: Português Perto


PUBLICIDADE