‘Porta para o exterior’ na NSPK-‘Final Whole Action Conference’ 2017

Apresentação e debate do documentário em Coimbra



Hoje, 14 de Setembro, apresenta-se em Coimbra o ‘Porta para o exterior‘ no NSPK ‘Final Whole Action Conference’, um dos maiores eventos sobre Neofalantes que há atualmente na Europa.

Será na seção ‘New Speakers in the city‘ (p. 48), agendada para quarta, 14 de setembro, 18:30 -19:30 na CASA DAS CALDEIRAS, que se apresente o ‘Porta para o exterior’ com mesa redonda na que participarão Sabela Fernández (representado à Associaçom Galega da Língua) e José Ramom Pichel (pela Universidade do País Basco).

final-whole

O NSPK (New Speakers’ Network) ‘Final Whole Action Conference’ é um evento focado em políticas e práticas, que reúne o trabalho que emerge do diálogo e colaboração entre pesquisadores, decisores políticos e partes interessadas que trabalharam em redes nos últimos quatro anos sobre as dinâmicas envolvidas e contextos necessários para se tornar um “novo falante” de uma língua no contexto de uma Europa multilíngue.

Nas palestras, seminários, mesas redondas e ateliers, vão-se mostrar os resultados da pesquisa, as recomendações políticas e sociais, explorando um formato de diálogo conjunto entre pesquisadores e partes interessadas.

Os grupos de trabalho são os seguintes:

  • New Speakers and Competence
  • New Speakers and Subjectivities
  • New Speakers and Language Policies
  • New Speakers, Legitimacy and Governmentality

Os mais dos palestrantes são eles próprios cidadãos multilíngues que, ao se envolverem com outras línguas que não eram suas línguas ou línguas “nativas” ou “nacionais”, precisaram cruzar fronteiras sociais existentes, reavaliar seus próprios níveis de competência linguística e, criativamente, (re)estruturar os aspectos sociais e práticas envolvidas ou implícitas na comunicação, para se adaptar a espaços linguísticos novos, complexos e sobrepostos.

As pesquisas desenvolvidas no marco NSPK procuram compreender de que forma as tensões podem surgir se os neofalantes encontrarem obstáculos para participar plenamente das esferas políticas e económicas cada vez mais multilíngues da Europa. Estas desigualdades podem representar desafios para a integração europeia, a coesão social e a colaboração económica, bem como para a plena participação das minorias territoriais e migrantes.

Juntamente com estas sessões, o evento incluirá conferências plenárias, painéis locais de partes interessadas sobre neofalantes e a respeito da diversidade linguística em contextos de língua portuguesa e uma série de eventos culturais sobre questões em torno de minorias sociolinguísticas territoriais e migrantes destinadas ao público em geral.

Para além dos nossos colaboradores J. R. Pichel e Sabela Fernández, haverá presença galega no Panel 7 | ‘New speakers and the future of the Galician Media’ coordenado por Anik Nandi

17:00-19:00
– Francesca La Morgia, TCD Dublin
– Xiao-Lan Curdt-Christiansen, University of Reading, UK
– Agnieszka Otwinowska-Kasztelanic, University of Warsaw
– Karolina Mieszkowska, University of Warsaw
– Sviatlana Karpava, University of Central Lancashire, Cyprus
– Natalia Ringblom, University of Stockholm
– Anastassia Zabrodskaja, University of Tallinn
– Cassie Smith-Christmas, University of Limerick
– Blathnaid ni Ghreachain, CEO of Gaelscoileanna
– Bernadette O’Rourke, Heriot-Watt University
– Anik Nandi, Heriot-Watt University
– Xurxo Salgado, Director of Galicia Confidencial, a crowd funded
online Galician newspaper and lecturer of Cyber-journalism at the
Univ. of Santiago de Compostela
– Ubaldo Cerqueiro, Director of Que Pasa na Costa, another online
Galician newspaper and Vice President of Asociación de Medios
en Galego (AMEGA)
– Valentín García, General Secretary of LPP of the Galician
Government

Para saber mais:

Site do evento.

PROGRAMA

Programa/abstracts pdf

 

Porta para o Exterior.


PUBLICIDADE

  • Ernesto Vazquez Souza

    Parabéns, amigos… muito fazedes, com bem pouco…

    Agora, isso de J.R. Pichel indo por uma univ. Basca no canto de uma galega, já diz muito do que temos… é uma labaçada na consciência…