ESPAÇO BRASIL

A PALAVRA FORA DO LUGAR: escritores refugiados e em risco



Em um momento que a questão dos refugiados está em pauta em todas as partes do mundo, a Centro Cultural Banco do Brasil, unidade Rio de Janeiro, oferece uma ampla discussão sobre o tema, com o evento “A Palavra fora do lugar: escritores refugiados e em risco”.

Os contextos que levam escritores (e não escritores também) a busca de novos lugares para viver, ao exílio, varia conforme cada país e até com os motivos mais pessoais. No caso de escritores, o impacto é direto na escrita, na criação literária, em sua visão de mundo.

escritores-refugiados-a3

O evento Palavra fora do lugar, busca discutir temas como  efeito do bilinguismo na escrita de autores levados ao afastamento compulsório do país natal; confronto, no processo criativo, entre territórios físicos, culturais e linguísticos; conexão com a condição humana, em sua solidão, entre outros temas.

O primeiro encontro conversou, no dia 13 de junho com o escritor refugiado da Ásia, Atiq Rahimi, (afegão radicado na França).

No dia 4 de julho é a vez da América Latina entrar na discussão, com Julián Fuks e Carola Saavedra, que migram para o Brasil na infância, devido à ditadura em seus países natais. Eles discutem o tema “Reescrever o não escrito”.

A programação continua em agosto e encerra em setembro, com Terézia Mora (húngara radicada na Alemanha); e Feliz Kaputu, congolês (RDC) que inaugurou a adesão do Brasil (e da América Latina) à ICORN (International Citizens of Refugee Network).

SERVIÇO

Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Primeiro de Março, 66 – Rio de Janeiro / RJ)
Programação completa no sítio CCBB – https://goo.gl/gzMGo2

 


PUBLICIDADE