Todos os artigos marcados como "Lei Paz-Andrade"

  • Santiago, admitida na União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa

    Durante a 33.ª assembleia-geral da organização, realizada em Luanda em 19 de Abril; Santiago de Compostela, foi  admitida como membro observador da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA). A solicitude de acesso fora aprovada por unanimidade no pleno da capital galega em Outubro de 2016. De acordo com o secretário-geral da UCCLA, Vítor […]

  • Desde hoje o DOG com NH

    Hoje, 2 de novembro Diário Oficial da Galiza, alvorejou de improviso com versão em Português como opção no menu de idioma.

  • Santiago aprova por unanimidade se integrar na ‘UNIÃO DAS CIDADES CAPITAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA’ UCCLA

    Cámara Municipal de Santiago de Compostela, aprova se integrar como Membro Observador da UCCLA (UNIÃO DAS CIDADES CAPITAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA). A Capital da Galiza converte-se na primeira cidade capital de um Estado onde a língua portuguesa não é oficial em fazer parte da associação.

  • 10 medidas imprescindíveis… #9 e 10

    AGAL lança 10 medidas imprescindíveis para regenerar a cultura galega na próxima legislatura, para reforçar as relaçons com a Lusofonia ao nível do ensino, das administraçons e da coesom territorial. Carlos Quiroga é o encarregado de por voz às duas últimas medidas referidas à Universidade.

  • 10 medidas imprescindíveis… #8

    AGAL lança 10 medidas imprescindíveis para regenerar a cultura galega na próxima legislatura, para reforçar as relaçons com a Lusofonia ao nível do ensino, das administraçons e da coesom territorial. Na medida número oito Valentim Fagim, conta a sua experiência como docente e pai, refletindo sobre a importância de apoiar as cooperativas de ensino e abrir linhas educativas focadas em programas de imersom linguística para transmitirmos e legarmos uma língua a sério às crianças e nom umha fantasia.

  • 10 medidas imprescindíveis… #7

    AGAL lança 10 medidas imprescindíveis para regenerar a cultura galega na próxima legislatura, para reforçar as relaçons com a Lusofonia ao nível do ensino, das administraçons e da coesom territorial. Nesta sétima medida Laura Garcia explica a importância da integraçom da escrita reintegracionista, sem exclusões na administração, nos concursos, publicações e ajudas.

  • 10 medidas imprescindíveis… #6

    AGAL lança 10 medidas imprescindíveis para regenerar a cultura galega na próxima legislatura, para reforçar as relaçons com a Lusofonia ao nível do ensino, das administraçons e da coesom territorial. Eliseu Mera, explica-nos nesta sexta medida, o papel do Conselho da Cultura Galega, e destaca como o reintegracionismo nom deveria estar excluído dele propondo a incorporaçom da sensibilidade reintegracionista no Conselho da Cultura Galega através de umha ou várias das entidades que a representam.

  • 10 medidas imprescindíveis… #5

    AGAL lança 10 medidas imprescindíveis para regenerar a cultura galega na próxima legislatura, para reforçar as relaçons com a Lusofonia ao nível do ensino, das administraçons e da coesom territorial. Laura Garcia, explica a quinta medida sobre a articulaçom territorial e de vias de trasnporte, com especial destaque na desatençom estatal da linha Vigo-Porto (Celta) e, em termos gerais, as comunicaçons com o norte de Portugal.

  • 10 medidas imprescindíveis… #4

    AGAL lança 10 medidas imprescindíveis para regenerar a cultura galega na próxima legislatura, para reforçar as relaçons com a Lusofonia ao nível do ensino, das administraçons e da coesom territorial. Susana S. Arins, explica a quarta medida para desenvolver conteúdos concretos, auditáveis e abertos à populaçom que deem maior desenvolvimento à Eurorregiom e ao Eixo Atlântico, promovendo o vínculo das populaçons com este espaço e o seu futuro através dos meios de comunicaçom públicos.

  • 10 medidas imprescindíveis… #3

    AGAL lança 10 medidas imprescindíveis para regenerar a cultura galega na próxima legislatura, para reforçar as relaçons com a Lusofonia ao nível do ensino, das administraçons e da coesom territorial. Matias G. Rodrigues explica a terceira medida a respeito dos contatos que devem ser ativados, estabelecidos, ou implementados.