Todos os artigos marcados como "Fest-AGAL"

  • Os tempos som chegados

          No ano 411 umha invasom sueva provocou a constituiçom, no extremo noroeste da Península Ibérica, do primeiro reino independente do Ocidente Europeu, marcando o início da queda do poderoso Império romano. A pegada deste Império foi tam grande que os novos dominadores assumírom a língua, a cultura e até as divisões administrativas […]

  • Fest-AGAL n.º 8: ‘ARRIVAgaL : os tempos som chegados”

    Disponibilizamos em PDF o n.º 8 da publicaçom Fest-AGAL. Nesta ediçom, numha épica de filme de extraterreste, o Fest-AGAL publica em exclusivo o que tem a ver a história da Língua galega com os extraterrestres, e ecoa as palavras da Doutora Banks, professora de linguística da Universidade de Montana e protagonista de filmes, que foram estampadas também na Camisola deste Dia da mátria.

  • 25 de julho: ArrivAGAL

    A AGAL aproveitará a jornada do 25 de julho para repartir gratuitamente o Fest-AGAL. Este ano, o mote que dará unidade a ambas as atividades será “Arrival, os tempos som chegados” (ver abaixo). Ainda, como cada ano, voltaremos a levar os livros da Através Editora às milhares de pessoas que nesse dia visitam Compostela. Se […]

  • Fest-AGAL n.º 7: ‘Irmandades da Fala 1916-2016. Regresso ao Futuro’

    Disponibilizamos em PDF o n.º 7 da publicaçom Fest-AGAL. Nesta sétima ediçom, numha espetacular diagramaçom de fantasia a sépia, o fest-AGAL veste-se de época para celebrar o centenário e presença atual das “Irmandades da Fala”. Apresentando neste REGRESSO AO FUTURO, com vitalidade e reivindicaçom lúdica, a continuidade da AGAL com o discurso reintegracionista das Irmandades, para transmitir mais umha vez a visom extensa e útil da nossa língua.

  • Sabemos mais do que nos dizem a respeito da nossa língua?

    Exercício lúdico realizado por Valentim Fagim para o Fest-AGAL n.º 6. Agora, republicado no PGL, servirá para refletirmos acerca da nossa língua.

  • A maré da música lusófona

    Depois do primeiro Cantos na Maré começaram por toda a parte as colaborações musicais galaico-lusófonas.

  • ‘Decreto Filgueira’, um filme para a história da nossa história contemporánea

    O documentário ‘Decreto Filgueira’ debruça-se sobre o intenso debate que se produziu entre os anos 1971 e 1982 sobre a normativa da língua galega.

  • A geraçom das mil primaveras mais

    Na Semente temos um projeto que nos demonstra que é possível o que antes só podíamos imaginar. Demos o passo e aqui estamos.

  • Quem era Filgueira?

    Reportagem de Ernesto V. Souza sobre quem era Filgueira Valverde.

  • Fest-AGAL n.º 6: Três apelidos galegos (Franco, Fraga, Filgueira)

    Disponibilizamos em PDF o n.º 6 da publicaçom Fest-AGAL. Este ano editárom-se 4.000 exemplares de 24 páginas a toda cor.