Todos os artigos marcados como "Ernesto V. Souza"

  • Depende

    Depende… é tópico, é. Mas é a mais frequente resposta galega ante uma pergunta direita. Para além da pouca cortesia, a exibição de orgulho, os gritos, a afirmação e negação escandalosas e ausência de diplomacia é também um dos principais motivos de confronto cultural dos galegos nos modos espanhóis. Para nós, galegos, há sempre formas, […]

  • O 155 e outros erros de cálculo do capitalismo

    O problema de pensar que tudo vale, quando (após considerar a utilidade da existência de um adversário) se toma a decisão que batê-lo ainda conviria mais aos próprios interesses é a complexa sequência de acontecimentos que se produzem e a incontrolada velocidade de ações e reações que dispara cada movimento de cada uma das peças […]

  • Celso Álvarez Cáccamo: “Nós somos perfeitamente auto-suficientes como para fazermos o que temos que fazer sem aguardar por ninguém”

    Ernesto V. Souza entrevista Celso Álvarez Cáccamo (Vigo, 1958), professor na UdC, linguista de formação, ativista e colaborador do PGL, que vem de publicar na Através editora ‘Os passos da procura’, um poemário de raiz, memória e reflexão sobre o presente arredor.

  • Oligarquia e caciquismo

    O título é de Joaquin Costa, verdade que um bocadinho mais longo e ajustado: Oligarquía y caciquismo como la forma actual de gobierno en España : urgencia y modo de cambiarla / por Joaquín Costa (Madrid : Hijos de M.G, Hernandez, 1902). Mas também poderia ser de Porteiro Garea, aquele seu discípulo e motor primeiro […]

  • relíquias

    Muitas das religiões mantiveram culto a espaços, lugares, objetos de caráter cerimonial transcendidos em sagrado; e as mais delas também veneraram relíquias: objetos, livros, fragmentos da roupa, ou mesmo restos ou excrescências humanas que pertenceram ou foram parte dos antepassados, da gente venerável ou santificada da tribo ou da religião. Talvez nenhuma tantas adorou, reconheceu […]

  • O triunfo do Capitão Hook

                This talk with you arises out of a sort of challenge from the Provost. I was here this year on June 4, and in a speech at luncheon the Provost challenged me to disprove this terrible indictment, “James Hook, the pirate captain, was a great Etonian but not a good one.” Now in my […]

  • porta para o exterior – resenha

    Demorei em ver. Mas foi apenas por questões pessoais. Eu participara no filme e era uma das “personagens” entrevistadas. Mas o dia em que gravei, in extremis, era o dia, agitado, em que eu terminava de embrulhar todas as últimas cousas para nos ir de Rianjo, na Galiza. Era, de feito, o dia, a tarde tão crepuscular […]

  • paradoxo de andar por casa

    É, para andar por casa. A minha língua oral é uma ferramenta comunicativo-identificativa, de grupo, de clã, marcada socialmente, e matizada cultural e politicamente, pelas suas modulações, prosódia e itens léxicos definidores. Em qualquer parte do mundo, acontece o mesmo. As variantes diafásicas, diatópicas e diastráticas, os usos cultos, marcas regionais e registros são parte […]

  • debates por abrir

    Há um debate sem abrir, na Espanha e em países onde se rende culto à nação uma, indivisível, homógenea, uniforme. Em estados onde a cultura é fixa em nome da “Nação” e as línguas estão legisladas como obrigas para os cidadãos nos textos legais. No caso espanhol, destacadamente e numa clara hierarquia, no artigo 3 da […]

  • grand finale

    Podemos asseverar, sem muito risco a equívoco (que a experiência nos avisa e os dados confirmam) que a Democracia espanhola percorreu desde fins dos anos 70, o caminho que leva da diversidade ou pluripartidismo que conforma, em condições naturais, o seu Parlamento, até este bipartismo estável que Manuel Fraga sonhava a imitação de ingleses e que realmente […]