Todos os artigos marcados como "Carlos Calvo Varela"

  • A dignidade do País do Navo

    Há em Albijói um lugar chamado Novás e ainda, na microtoponímia, umhas terras de nome o Noval entre as paróquias de Leira e Buscás. Nom está de todo claro o seu significado, pois poderiam-se referir a duas cousas diferentes. A primeira seria que o tal noval venha do latim novale, derivado de novu ‘novo’, no […]

  • Pam, cravos e desordens

    para Patricia do Zapateiro da Portela A Portela de Leira é a aldeia vizinha de Loureda, famosa sobretudo polo pam, empadas, roscas e doces da Panadería Fontán, a antiga Casa do Zapateiro, que reparte por muitas paróquias da comarca. O topónimo, bastante frequente na área lingüística galego-portuguesa (os dous núcleos mais grandes com este nome […]

  • Pam velho, pam de festa

      Voltando ao Casal, Gustav Henningsen gravou ali, no 22 de dezembro de 1965, umha regueifa cantada por Manuel Vilariño García, quem entom tinha 38 anos, e que di assim: Deixa-m’acheghar adiante, qu’aqui estou um pouco atrás, qu’aora vai empezar a cantar este rapás.   Este rapaz, rapazinho, é-vos moi pequerrechinho: se queredes saber quem […]

  • DUARTE

    Numha carta da correspondência privada de Emma Goldman, veterana anarquista confessava-lhe a um companheiro: “Muitas vezes penso que nós, os revolucionários, somos como o sistema capitalista. Tiramos dos homens o melhor que tenhem, e depois ficamos tam tranquilos vendo como rematam os seus dias no abandono e a soidade”. A notícia da morte do Duarte […]

  • Stop despejos

      O castro de Pardinhas (Poulo) O castro de Pardinhas (Poulo) conserva umha magia especial. Rodeado por umha grande muralha de terra, onde se conserva a que foi a entrada original à povoaçom, está circundado por um rego que dá em um poço de um prado colindante. Todo isto no médio de um bosque de […]

  • Chamando às portas do Céu

    Bairro do Paraíso, em Ordes O Paraíso é o bairro que medrou nas últimas décadas por volta do Grupo Escolar, com o CEIP Castelao e o IES nº 1 de Ordes. Como o Pinheiro, é umha zona de mestizagem rururbana, umha aldeia engolida polo asfalto, onde os tractores convivem com os sinais de tráfico e […]

  • O descanso de Adriano

    Lugar de Adrám, na paróquia ordense de Vila Maior Adrám, lugar da paróquia de Vila Maior, tem numerosos homónimos tanto na Galiza quanto em Portugal, como o Adrão da freguesia de Valadares, concelho de Baião, que em documentos dos anos 1162 e 1190 ainda aparecia escrito como Adram. Explica o erudito Fernandes Almeida que som […]

  • Altamente

    Lugar de Outeiro em Papucim (Frades) Até treze lugares da Terra de Ordes se conhecem como o Outeiro, e estám nas freguesias de Bardaos, Beám –com o seu rego do Outeiro, que deita águas no Samo-, Berreio, Boado, Castelo, Galegos, Lançá, Messia, Monço, Papucim, Poulo e Vila de Abade. Também houvo um lugar do Outeiral […]

  • Caminho da luita

    Há aldeias chamadas Gosende nas freguesias de Castro, Ordes e Rodis, sem esquecer umha outra em Encrovas, engolida polo capitalismo extrativista. Ainda, contam-se muitos outros Gosendes –e variantes- por todo o território que abrangia o antigo Reino Suevo da Galiza; somentes no concelho português de Viana do Castelo, existem hoje os lugares de Gosende, Gosendes […]

  • A gula do vikingo

    Lugar das Teixoeiras, em Bascói (Messia) Duas aldeínhas da comarca de Ordes levam o nome de As Teijoeiras, umha em Ardemil e outra em Bascói. Ainda que para alguns autores se trate de um topónimo referido à árvore de teijo[1], parece confirmado que mais bem alude a um lugar abundante em porcos teijos (meles meles), […]