Todos os artigos marcados como "Carlos C. Varela"

  • Arqueologia do «puta Espanha!»

    Se investigássemos as pintadas do independentismo ‘espontâneo’ na Galiza, mui probavelmente concluiríamos que “Puta Espanha!” foi a legenda mais popular.

  • Carlos Calvo: «Do que se trata é de começar a viver aqui e agora, uma vida que mereça a pena ser vivida, plena e digna»

    ‘Diários’, de Carlos Calvo Varela, é a mais recente novidade da Através Editora. Entrevistamos o autor, filósofo, antropólogo, ativista social e jornalista.

  • Já à venda os ‘Diários’ de Carlos Calvo Varela

    ‘Diários’, de Carlos Calvo Varela, é a mais recente novidade da Através Editora. A partir de hoje já está à venda.

  • A República da Berxa

    Nos domingos da década de 90 poucas cousas havia melhores, para um rapaz da comarca de Ordes, que ir com a família cear umas truitas à Berxa; o trator do tio Jesus, os contos divertidíssimos de Maria ou a foto de Bebeto no mostrador do bar, faziam dela um lugar mágico.

  • NGZ 145: “Cara um ensino elitista dirigido polo empresariado”

    O novo número do Novas da Galiza analisa na sua reportagem central o novo modelo educativo implantado polo PP

  • Teresa Moure e os corpos críticos

    O coletivo Tiqqun ataca a teoria “entendida como única forma de escritura que não implica uma prática. Daí o notável dinamismo de uma teoria que pode dizê-lo tudo sem que disso possam extrair-se jamais, afinal, consequências; consequências para o corpo, é claro”. Com certeza este não é o caso de Politicamente incorreta. Ensaios para um tempo de pressas, onde Teresa Moure investiga uns outros espaços para a transformação social, privilegiando sempre o corpo: criança, alimentação, cuidados… De forma que não é um livro que se possa ler sem temer consequências práticas.

  • Memória reintegracionista

    Os coletivos humanos, das famílias às nações, precisam de suportes em que se encarnam, espaços onde sedimentar as memórias para saber donde vêm e aonde vão. Em Breve História do Reintegracionismo, Tiago Peres Gonçalves não só reconstrói com minúcia historiográfica a nossa árvore genealógica, senão que também nos dá o calor dum álbum familiar.

  • Reintegracionismo de rua

    Quês e porquês do reintegracionismo é um ameno breviário da estratégia reintegracionista para a recuperaçom da língua galega, à vez que um percurso polo movimiento social que esta gerou desde os anos ’80.

  • Narrativas coloniais, línguas e silveiras

    Assim como Edward W. Said fala dum “orientalismo” como relação de poder em que se constrói a imagen de “Oriente” e os “orientais”, também há um galleguismo, um discurso que se elabora sobre um objeto – Galiza e a sua gente – ao qual nunca se permite surgir como sujeito que se apresente a si mesmo.

  • XXVIII Festival da Poesia no Condado vindica umha economia social

    Os dias 5 e 6 de setembro decorrerá em Salvaterra do Minho mais umha ediçom do Festival de Poesia do Condado.