Todos os artigos marcados como "binormativismo"

  • Estou canso, mas se quadra mesmo é bom

      Contam que o Alfredo di Stefano, sendo treinador do Valência, indicou um dia ao seu guarda-redes: “Arquero, vale que las que van dentro no las saqués, pero las que van fuera no las metás”. Isso parece que é o que estivemos a fazer com a língua galega nos últimos quarenta anos: utilizarmos todas as […]

  • AGAL convoca só[email protected], simpatizantes e [email protected] a participar na mani-festa-açom do 17

    A AGAL convoca só[email protected], simpatizantes e [email protected] a participar na convocatória de mani-festa-açom da plataforma Queremos Galego, fazendo parte da comitiva galaico-norueguesa. Levaremos cartazes, flyers, disfarces e muito boa disposiçom para darmos a conhecer que a Noruega pode fazer tanto pola língua galega como já fijo pola boca portuguesa. Onde nos encontramos? 17 de maio (10h45): organizando […]

  • O norueguês

    Em 2015 a Através editora lançava o livro Quem fala a minha língua 2?, coordenado polo professor Robert Neal Baxter, da Universidade de Vigo. Tal como o seu predecessor, a sua razão de ser era mostrar línguas onde a questão identitária estava aberta ou onde existiam mais de um modelo de língua padrão. Em palavras […]

  • Umha terra, um povo, umha fala (e duas normas pra grafá-la)

    17-M: Dia das Letras Galegas, Dia Nacional da Noruega “Umha terra, um povo, umha fala, duas normas pra grafá-la” A AGAL volta ao Dia das Letras com outra encenaçom fantasiada, nesta ocasiom para evocar as semelhanças sociolinguísticas entre o caso galego e o norueguês, polo menos as semelhanças que esta associaçom desejaria que houvesse. O […]

  • Binormativismo: tentativa de resposta a um problema que nom se colocou

    Som da opiniom de que todo isto do chamado “conflito normativo” que arrastamos há décadas manifesta umha impotência: a de avançarmos, como formaçom social, na adoçom e normalizaçom do galego como língua nacional. Nom sendo isso possível até hoje, pola estrita correlaçom de forças esmagadoramente desfavorável a um galego em posiçom relegada, e tendo em […]

  • Binormativismo, debate na UDC

    O dia 12 de abril, a Faculdade de Filologia da Universidade de Corunha (UDC) acolheu um seminário dedicado à estratégia binormativista, proposta dos próprios estudantes. Assistiram ao seminário o professor da UDC Xosé Ramón Freixeiro Mato e o presidente da AGAL Eduardo Maragoto. Freixeiro começou a sua exposição comparando os dados dos dois mapas sócio-linguísticos […]