SÓCIA DA AGAL

Deixou-nos Manuela Ribeira Cascudo

Reintegracionista firme, a sua militância era indissociável da sua vida pessoal ou profissional



Manuela Ribeira numa fotografia de arquivo

Manuela Ribeira numa fotografia de arquivo

Hoje conhecemos a triste notícia do falecimento de Maria Manuela Ribeira Cascudo, ativista reintegracionista e professora de língua e literatura galegas no ensino secundário. Membro da Associaçom Galega da Língua (AGAL) há muitos anos —tinha o carné n.º 342—, colaborou em numerosas iniciativas e atividades de difusão do reintegracionismo, e mesmo formou parte do Conselho da AGAL entre 2007 e 2009.

Na página do Modelo Burela lembram que a Manuela, como muitas galegas, nascera fora da Galiza, concretamente na Bélgica, filha de emigrantes galegos. Passou os primeiros anos e parte da juventude como parte da emigração galega no país, frequentando o secundário nas localidades de Schaerbeek e Antuérpia.

Ainda que seus pais eram das Pontes, a vida levaria-a mais para o sul: depois de formar-se em Filologia Românica na Universidade de Santiago de Compostela, exerceria a docência nas localidades de Ginzo e Ourense. Para além disso, acabaria fixando a morada em Alhariz, junto o seu companheiro, Isaac Alonso Estraviz.

Do Conselho da AGAL salientam o compromisso de Manuela com a língua galega o reintegracionismo e a sua «inabalável generosidade», até o ponto de que a sua militância era indissociável da sua vida pessoal ou profissional. Apesar de levar meses a luitar contra um cancro, a doença não lhe impediu acompanhar a atualidade da associação, mesmo participando na última assembleia geral, o passado mês de junho.

DESPEDIDA

4 de novembro de 2017

  • Tanatório das Pontes: 16 h
  • Cemitério de Caamouco (concelho de Ares): 16h45

PUBLICIDADE

  • Paulo Terra Nosolhos

    Seja-lhe a terra leve a essa senhora boa e generosa e que a semente que em nós deixou, floresça livre e dê frutos em abundância.

  • http://www.joseluisfdezcarnicero.blogspot.com Jose Luis Fernandez Diaz

    Siempre feliz, cun sorriso e respeitando aos demais. A mellor forma de loitar pola nosa lingua.

  • José Ramom Pichel

    Sinto muito. Grande abraço para o Isaac e a sua família!

  • Gerardo U.

    Triste perda. A última vez que coincidimos foi, precisamente, na assembleia de junho em Ourense. A família da AGAL está contigo, Isaac! Um abraço como um mundo!

  • Fernando da Laje

    Minhas condolências

  • Daniel Pb

    Unha gran mestra, mellor persoa
    As miñas condolencias pra sua familia