Opiniom

  • O apelido BARBEITO

    Num excesso de otimismo afirmava Valeriano Villanueva, autor do apartado de “Agricultura” da Geografía General del Reino de Galicia, que: “El maíz y la patata hicieron desaparecer el barbecho en Galicia mucho antes que dejase de usarse esta forma de cultivos en los países más adelantados de Europa, y hoy en toda la región gallega […]

  • Mulher, sexo e matrimônio no Antigo Testamento (II)

    A inferioridade da mulher O povo hebreu praticava a poligamia, sendo o exemplo mais eloquente o de Salomão que teve 700 mulheres e 300 concubinas (I Re. 11, 3), entre as quais eram frequentes as rixas. A Bíblia considera a mulher como um ser inferior sob a total dependência do home (Ex.. 20, 17), e […]

  • belos cadáveres

    Ecoa, de Oscar Wilde a Sid Vicious, passando por James Dean, a quem a cultura popular terminou por atribuir, o dito de roda queimada e no future: Viva rápido, morra jovem e deixe um belo cadáver. Francamente se tivesse de fazer hoje, e após tão poucos e agitados anos, uma descrição simples do momento atual […]

  • As aldeias das leitoras (VII): Friám

    Plano de Friám, na paróquia de Marçoa, concelho de Oroso Ao começar a investigar a toponímia da comarca o companheiro Manolo Paços perguntou polo significado do topónimo Freám ou Friám, na sua paróquia, Marçoa, que nom aparece no Nomenclátor, mas si nos mapas do IGN[1], assim como do microtopónimo associado Fraga de Freám. Ainda, há […]

  • Mulher, sexo e matrimônio no Antigo Testamento (I)

    A menstruação, parto e sexo como pecados No Antigo Testamento, a sexualidade tem como finalidade a procriação, considerada como uma benção divina, enquanto que a esterilidade era considerada como um estigma para a mulher estéril. Para facilitar que todo matrimônio tiver descendência, promulgou-se a lei do levirato, que estipulava que, se um marido morre sem […]

  • “Qual política lingüística? Desafios glotopolíticos contemporâneos” de Xoán Lagares

    Há palavras que assustam. Com certeza, glotopolítica é um vocábulo que se nom der medo deve gerar certo afastamento ou rejeiçom em muitas pessoas. Porém, o termo glotopolítica é muito mais próximo de nós do que à partida pode parecer.  O uso feminino de vozes que originalmente careciam de expressom mórfica de género como presidenta; […]

  • É a Espanha -o estado espanhol-, um estado de direito? ( e III)

    É o estado espanhol, exemplar no cumprimento do que a Constituição determina?   Estado de direito, é aquele que age e atua de conformidade às leis -fazendo dos direitos humanos um eixo da sua ação. Pois nisso também a Espanha é diferente. Numa época em que eu tinha muitos relacionamentos com membros da judicatura, e […]

  • Beethoven e Ponte Vedra (I)

    Para os que nos dedicamos a divulgar as curiosidades da história cultural da Galiza há um livro, em três volumes, de imprescindível leitura. O seu título é De mi viejo carnet de Prudencio Landín Tobío (1877-1955). Em muitas ocasiões tenho-o utilizado para argumentar alguma das minhas publicações, graças a umas velhas fotocópias que devi tirar na biblioteca […]

  • A Norma Internacional e a Norma Nacional

    Vou tentar não maçar demasiado o pessoal com este tema que já foi tratado por Eduardo Maragoto em um esclarecedor artigo no PGL. A minha intenção não é repetir os argumentos, com os que concordo, mas adicionar novas ideias que ajudem a ter uma visão mais ampla do fenómeno do binormativismo na Galiza. Na procura […]

  • Alguns homens duros…

    Antes de que no século XVIII a atual estrada da Corunha a Tui deslocasse a capital da paróquia para o Mesom do Vento, era o Caminho Inglês a principal artéria da freguesia de Sam Pedro de Ardemil, cujo nome vem de umha vila altomedieval propriedade de um senhor da terra de nome germánico Ardemirus, seguramente […]