Opiniom

  • Gerir o Colapso

    “ Não cobiceis a riqueza de ninguém (…) Aquele que vê todos os seres no Eu, e o Eu em todos os seres, não odeia ninguém (…) À escuridão estão destinados os que cultuam somente o corpo, e a uma escuridão ainda maior os que veneram apenas o espírito (…) Os que veneram tanto o […]

  • A Espanha, a Catalunha, a Europa; algumas reflexões

    Pensei que conseguiria ficar em silêncio perante os recentes acontecimentos em Espanha. Não porque não tivesse opinião sobre o problema da Catalunha, mas porque entendia que esse era um problema interno espanhol. Por ironia, tendo-me dedicado muito, desde há trinta anos, a estudar as questões relacionadas com o velho litígio de Olivença, ainda menos me […]

  • A gula do vikingo

    Lugar das Teixoeiras, em Bascói (Messia) Duas aldeínhas da comarca de Ordes levam o nome de As Teijoeiras, umha em Ardemil e outra em Bascói. Ainda que para alguns autores se trate de um topónimo referido à árvore de teijo[1], parece confirmado que mais bem alude a um lugar abundante em porcos teijos (meles meles), […]

  • Rimar o reflexo: Alain Urrutia em DIDAC

    Produzida pela fundação compostelã DIDAC com o apoio do Etxepare Euskal Institutua e comissariada por David Barro, o artista basco Alain Urrutia apresenta em Mirror Rim onze pinturas de pequeno formato. Trata-se (quase) sempre de figuras refletidas no seu eixo vertical, que podem consequentemente ser expostas de maneira inversa (contrária?), e de fato serão assim […]

  • O grande altar de Pérgamo: sombras de mármore

        Y-enton os dous persoaxes foron alumeados pol-a luz da lua nacente n-o hemisferio da noite prestando ó xigante y-o dios magno deslumbramento dos seus raios que tiñan unha espresión evocadora de tempos antigos e inenarrabres, soio vista n-o ensoño dos que os teñan mirado pretéritamente. Primitivo R. Sanjurjo. Íthaca. Primaveira do 1921. De […]

  • Aldeias de preguiceiros

    Restaurante-pastelaria-hotel Nogallás, no centro de Ordes Preparando o seu Diccionario Geográfico Popular Español, o iriense Camilo José Cela remitiu a todos os carteiros galegos um questionário pedindo informaçom sobre os “ditados tópicos” das suas zonas, isto é, os gentilícios, pseudogentilícios (alcumes) e também cantigas e adágios, insistindo Cela em que “no debe omitirse ningún apodo, […]

  • Comparança da Galiza coa Catalunha

    Nos quatro elementos definidores duma nação, que explicam, porque lá é fácil o entendimento transversal, e na Galiza e tão difícil: Território Catalunha: A totalidade das forças catalãs sabem perfeitamente e compartem uma mesma definição do território da nação, e cujo espaço vai de Salses a Guardamar e de Fraga a Maõ. Isso é comum […]

  • Couraça do cristianismo frente à crítica

      A verdade far-vos-á livres1   Pretendemos demonstrar neste apartado que as diversas confissões religiosas, especialmente as do livro – judaísmo, cristianismo, islamismo-, são hipercríticas e beligerantes com as demais fações da mesma confissão, com as demais religiões e com os valores da sociedade contemporânea que não coincidem com os seus, e mui pouco receptivas […]

  • O Parlamentarismo nasceu aqui

    O dia 6 de dezembro não se passou desapercebido no Reino da Espanha. Os média e a sua orquestra áudio-visual premeram o acelerador da pseudo-pedagogia política informando-nos do grande e boa que é a Constituição de 1978. Tudo bem se não fosse que os mais grandes opositores a essa Constituição são os que se auto-proclamam […]

  • ‘Poemas do fim da Terra’ em pdf

    No dia 19 de dezembro de 2017, o PGL publicou uma resenha sobre um livro de poesia em português, intitulado Poemas do Fim da Terra, publicado pola editora Edições da Terra. O livro tem como autor a pessoa que escreve este artigo, e está disponível em Amazon.es em papel, a partir do dia 29 de […]