Opiniom

  • Por favor, que alguém lhe diga algo!

    Tenho notado nos últimos tempos que a cada vez mais os intercámbios lingüísticos entre galegos e portugueses em ámbitos formais estám a ficar regulados polo emprego, pola banda portuguesa da língua espanhola, ou, polo menos, por umha tentativa de demonstrar proximidade co ouvinte através do emprego, com distintos graus de competência, da língua espanhola, e, […]

  • FOGO!!

    ESTIVEMOS NO FIM DE SEMANA EM Portugal. Na zona zero da grande desgraça. Do grande Incêndio. Nada pode haver comparável com o horror das chamas a rodear o TODO. A envolver o mundo. O ar e a Terra. Nada que possa devolver a vida as mais de 64 pessoas entrampadas na sua armadilha. Na Trampa […]

  • Cavando

    “Under my window, a clean rasping sound when the spade sinks into gravelly ground” Seamus Heaney   Quando vim para Portugal há quase duas décadas tinha na mente a imagem da Galiza como um grande espelho quebrado. Entre as muitas demandas com que comecei a minha particular migração também estava a de juntar os troços […]

  • Abraço da Saudade II

    Em minha opinião, e para além doutros fatores importantes, como a colonização mental, política e económica do Estado, do capitalismo e da mídia, através nomeadamente do ensino (o doutrinamento do espanholismo para todos que nasce na época liberal), a perda definitiva do nosso sentimento nacional é a nossa última perda. Ele seguirá vivo no resto […]

  • relíquias

    Muitas das religiões mantiveram culto a espaços, lugares, objetos de caráter cerimonial transcendidos em sagrado; e as mais delas também veneraram relíquias: objetos, livros, fragmentos da roupa, ou mesmo restos ou excrescências humanas que pertenceram ou foram parte dos antepassados, da gente venerável ou santificada da tribo ou da religião. Talvez nenhuma tantas adorou, reconheceu […]

  • Abraço da Saudade I

      Rectificare sapientis est. E o que vem a seguir é bem conhecido. Todos cometemos erros com frequência, e como dizia Jesús no Evangelho, aquele que não tiver pecado, atire a primeira pedra. Ora bem, acho um dever individual e público corrigir o erro. Porque a verdade é qualquer cousa fundamental e imprescindível. E se […]

  • O galego que venceu

    “ Nem o Sol nem a Lua podem refletir-se claramente na água lamacenta. Assim a alma universal não pode realizar-se perfeitamente em nós, enquanto não afastarmos o véu da ilusão, isto é, enquanto perdura o sentimento do eu e do meu. ” – Ramakrishna A procura dum marco de dialogo permanente entre os diversos setores […]

  • A síndrome da Transição

    Resposta à professora da UDC María Pilar García Negro, que me interpelou. A interpelação direta em artigos de opinião, ainda que pode servir para louvar as qualidades de alguém, é um recurso normalmente empregado para criticar, contestar e mesmo acusar dalguma cousa a pessoa nomeada. Eu tenho a estranha honra de ter conseguido a interpelação […]

  • Sobre Galizas irredentas e redimidas

      Alguém definiu como Galiza irredenta aquela parte do País que hoje faz parte de outra administração regional (espanhola) diferente da galega e ainda conserva a memória e a prática de falar a língua dos galegos. Portanto, se a essa definição nos cingirmos, teríamos de identificar como tais as regiões do Eu-Návia nas Astúrias, o […]

  • Carvalho Calero, três finais hipotéticos e umha certeza

      Carvalho Calero leva vários anos sendo “candidato-isca” na RAG para lhe serem dedicado o Dia das Letras Galegas; naturalmente aconteceu o que tinha que acontecer…ou o que estava calculado que acontecesse. Que de novo a decisom da RAG nom favoreceu a candidatura de Carvalho Calero e sim a umha das outras várias candidaturas, nesta […]