Opiniom

  • As aldeias das leitoras (V): Cernadas

      Conta María Martínez Candal que o seu pai é de Cernadas, em Buscás, topónimo este que muitos explicam pola teoria divulgada por Moralejo Lasso segundo a qual proviria do latim *cinerata, ‘terra queimada’, em referência às roças do monte para debroçar a terra e fertilizá-lo com as próprias cinsas antes de sementar nela. A […]

  • LUZIA E AS SOMBRAS DE LUZ – Conto Fantástico

      * Publicado originalmente por Paulo Soriano no site ‘Contos de Terror’.   Luzia andava sozinha pela rua estreita que conduzia até a casa do seu namorado. Vinha do trabalho e estava cansada. Hoje o chefe se tinha passado um monte com as suas exigências. Queria que acabassem de coser todas as peças de roupa […]

  • História dos peixes

      O Atlântico da minha infância era o espaço dos peixes. A minha cartografia chegava aonde os pescadores chegavam, mais além da Marola, ao Grand Sole, à Terra Nova. Havia ainda histórias como ficções, as dos nomes escritos na fachada da escola de Náutica da Crunha, Magalhães, Elcano, que na altura me pareciam de alguma […]

  • Carvalho contra Chronos

    Meu pasado imperfeito, meu futuro condicional! Mais o presente, u-lo? R.C.C. “Excalibur” in Futuro Condicional, 1982, p.13 Tal como apontávamos, a questão da fixação da língua, na Galiza, passa pelo consenso, pela construção da ilusão coletiva (tal como o Mário Herrero destaca) em positivo. Na narrativa comum de uma ficção inventada (galego possível impossível), assumida, […]

  • Pilar Castillo, pianista. Algúns apontamentos. II Mentir na idade

    Seguindo o ronsel deixado pelo fenómeno Mozart, muitos tentaram imitar o seu exemplo de precocidade musical, não sempre acompanhada de talento, como alicerce duma carreira musical. O próprio Beethoven foi vítima do modelo mozartiano e de ai para a frente foram legião os meninos e meninas exibidos como fenómenos de diminutos e virtuosos dedos. O […]