Opiniom

  • Estórias de autocarro e maioria social

    Dia de chuva, felizmente habitual para a riqueza desta terra. 8,45, cai bastante, está um vento grande. Três pessoas esperam o autocarro urbano à intempérie; umha criança com aspeto de rondar os cinco anos; quem seu pai parece; umha mulher de bastante idade, de bordão e cesto pesado na mão; mais duas pessoas chegam, um […]

  • O que os paços nom vem

    para Marcela Paço do Vidueiro, em Ordes Dos bosques de vidoeiros (Betula pubescens Ehrh.) conservados pola ingente memória da toponímia, sempre se suspeitará se teriam atraido a atençom das gentes antigas, antes do que pola sua madeira, por favorecerem a proligeraçom da amanita muscaria à sombra das suas folhas. A micologia assegura que estes cogumelos […]

  • pangaleguismo

    * Publicado em A Viagem dos Argonautas,  25 de Outubro de 2018 e cá a petição de Alexandre Banhos. Em 17 e 18 de novembro do ano corrente celebrar-se-á em Lugo o Centenariazo da 1ª Assembleia das Irmandades da Fala, em cuja conclusão foi lido o histórico manifesto, aprovado e assinado por uma série de intelectuais […]

  • Pequeno tratado de regions demarcadas.

    (Prontuário para amigos e iniciados de ambas margens do rio Minho) A Região Demarcada do Douro foi criaçom do Marquês de Pombal para delimitar o mais prezado território do país de vinho de qualidade. Boa denominaçom esta para aludir á distribuiçom territorial de identidades com sabor próprio. Infelizmente, as regions demarcadas comportam fronteiras e estas, […]

  • Genealogia do Vilar

      O erudito eumês Millán González-Prado estudou com detalhe a evoluçom semántica da palabra galega “vilar”, generadora de muitos topónimos no Reino medieval da Galiza[1]. Na comarca de Ordes achamos lugares chamados Vilar –sem artigo-, nas freguesias de Cerzeda, Mercurim, Messia, Castenda da Torre e Campo, e O Vilar –com o artigo- nas de Ordes, […]