Análise

  • ‘Code-switching’ carcerário

    Na última vez que me viu a dentista pudem cruzar toda a prisão: do módulo de isolamento (a “prisão de prisão” nesta matrioska penitenciária) à enfermaria. Como os presos isolados considerados especialmente perigosos, não podemos ir sem vigilância a lado nenhum, acompanhou-me um guarda. No caminho cruzamo-nos duas vezes, à ida e à volta, com […]

  • Reflexões após mais um 25N

    “Si me matan, sacaré los brazos de la tumba y seré más fuerte” Minerva Mirabal, rebelde dominicana É esta a frase duma mulher maltratada, duma mulher violada, duma mulher assassinada? A pessoa que a proferiu demonstra ter medo ao seu verdugo? Dá a sensação de precisar da ajuda do 016? Se a tua resposta a […]

  • Desfazendo a raia : literatura infantil e juvenil na Galiza e Portugal

    A Gálix e a Ciranda à volta do português organizam hoje um evento sobre livro infantil e juvenil chamado Desfazendo a raia. O nome é já uma declaração de intenções, a Galiza e Portugal unem-se para criar uma ponte de livros, desfazer uma fronteira política. O livro virado para o público mais miúdo vai ser visto de […]

  • 25-N

    Dia de festa, reivindicação e sair à rua da sociedade civil consciente na voz de uma Galiza reivindicativamente feminista, que protesta e reclama a mudança de focos, políticas, proteções sociais, leis, campanhas, rejeita a invisibilização, a privação de voz, a fraqueza das leis e denuncia a violência constante machista como forma de terrorismo institucionalizado.

  • Os livros falam #5 Ostrácia

    Sobre Ostrácia. Dum lado, a História; doutro, a intimidade. Dum lado, as palavras de ordem das ideologias políticas revolucionárias. Doutro, o orgasmo múltiplo e os fetiches do Domínio e a Submissão. Dum lado, as figuras de Lenine, Alexandra Kollontai, Nádia Krupskaia e, sobretudo, Inessa Armand. Doutro, a experiência de escrever sendo mulher e, portanto, interpretada […]

  • Chega Titiribéria, o primeiro festival dedicado aos títeres tradicionais

      Teu vai acolher entre 7 e 9 de dezembro a primeira ediçom de Titiribéria, toda umha maratona de representaçons e de atividades com os títeres tradicionais da Península como eixe. O Pericu catalán, o Robertos portugues o Don Cristóbal andaluz e, com certeza, o Barriga Verde galego, vai-se reunir num programa que mistura entretimento […]

  • Poder e Língua

    O poder é por definição a capacidade de influir no comportamento doutros para obter deles aquilo que se desejar. Ainda que para muita gente o discurso sobre a origem, causas, relações e consequências do poder é muito intimidatório e preferem negligenciá-lo através da simples negação dele, o certo é que é preciso reconhecer que em […]

  • PREVENÇÃO DESDE A ESCOLA DA VIOLÊNCIA DE GÉNERO

    O 25 de novembro é o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres. A violência contra as mulheres é uma violação dos direitos humanos e constitui uma discriminação de género que nega às mulheres a oportunidade de participar plenamente na vida económica, social, política e cultural. A Assembleia Geral da ONU instituiu o […]

  • ‘Doze segredos da língua portuguesa’ de Marco Neves

    “O primeiro segredo, revelo-o já: a palavra saudade, afinal, não é só nossa. (…) Partilhamo-la pelo menos com os brasileiros  -e até com os galegos (se alguém a inventou, foram esses nossos vizinhos do Norte)”. Este sugestivo e desafiante parágrafo é o início de uma viagem mais do que recomendável polo (galego)português à que nos […]

  • Fé de vida

    Para Ernesto Vazquez de Souza, que tam amavelmente me obriga a antecipar esta confissom devida Em português, nom é usual que eu saiba falar em fé de vida para certificar que um segue em pé. Preferem recorrer a fórmulas como atestado ou prova de vida para testemunhar a continuidade vital. Vou contrariar desta vez os […]