Todos os artigos de Susana Sánchez Arins

nascim em 1974 a atender de esguelho se do sul vinha uma aireja purificadora para o norte. nada. isso condiciou-me o olhar poético, ainda que fui lenta no amassado e cozimento da minha voz. publiquei quatro obras, [de]construçom, aquiltadas, a noiva e o navio e seique, ademais de textos voandeiros em coletâneas e revistas. ponho escola en cúntis e activismo feminista na Plataforma de Crítica Literaria A Sega.
  • despavilai-vous

    * Texto publicado no Novas da Galiza, 167, maio, 2018.   Caio na conta de que estou a abandonar os espaços mistos de participação num pinga-pinga constante: a associação, o coletivo, o sindicato, todos. Não despertei um dia e decidi abandonar, não, o que chegou foi a consciência do feito. Para as leigas, desde o […]

  • Doação a ‘A.C. Vagalume’ de direitos de autor do ‘Seique’

    A mim não me aconteceu isso de fazer doação dos ganhos que me gerasse o seique. Não porque eu não seja solidária e amigha de causas perdidas, mas porque nunca antes obtivem dinheiros com o que escrevim. Foi a minha própria editora, a Através, carimbo da AGAL, ambas entidades sem ânimo de lucro e com […]