Todos os artigos de José Luís do Pico Orjais

José Luís do Pico Orjais. Mestre, músico e bibliófilo. O meu endereço habitual é Ilha de Orjais num lugar indeterminado da Mãe Ria. Entre sem bater.
  • O poema mais formoso em língua galega

      O objecto da poesia é a poesia. Eduardo Moreiras. Quando li este poema fiquei namorado de cada palavra. Fui ao piano e nasceu uma melodia. Mostrei-a a Helena e nasceu uma canção. Assim é a milagre da escrita feita som, assim é a minha vida, uma busca continuada da canção perfeita. Esta semana o […]

  • Um pianista para a galeria

    Às vezes encontro-me com textos nos jornais que me enchem a alma, porque me fazem ver situações ou sensações que quisera ter vivido e que infelizmente jamais poderei experimentar. É o caso deste artigo  aparecido no jornal La Noche em 1961. Para que sintam o que eu senti, colo aqui o texto sem mais comentário. […]