Todos os artigos de Paulo Gamalho

Paulo Gamalho nasceu em Freixeiro (Vigo) em 1969. É licenciado em Filologia Hispânica pola USC e Doutor em Linguística pola Université Blaise Pascal, França. É docente-investigador especializado em linguística computacional.
  • A Europa das Regiões Soberanas

    É evidente que o tema catalão toca uma fibra muito sensível do género humano: o sentimento nacional. Quando este sentimento se ativa os argumentos deixam de ser ferramentas de construção do discurso razoado para tornarem-se em armas defensivas que protegem a nossa identidade, a nossa essência e o nosso cerne nacional, a todo custo. Levo […]

  • O Reino de Galiza nas escolas galegas

    Do mesmo jeito que falar em galego não é sinónimo de defendermos o galego, ministrar aulas de história em galego não é sinónimo de visibilizarmos a nossa historia. Estava a repassar com a minha filha os apontamentos de Ciências Sociais e História de 5º de Primária, quando me dei conta do longe que chegou o […]

  • Como medir o uso do infinitivo flexionado?

    Dentro das línguas românicas, o infinitivo flexionado ou pessoal é exclusivo do galego-português e talvez também do sardo-logudorês, falado na ilha de Sardenha. De facto, estes são os únicos casos de infinitivos com flexão em número e pessoa dentro da grande família indo-europeia. Fora desta família linguística, só o húngaro, da família urálica, possui flexão […]

  • Dous padrões para a mesma língua: Noruega e Galiza.

    Desde há mais de cem anos a Noruega tem duas normas escritas oficiais: a que se chamou língua do estado ou riksmål, e a que se conheceu como língua da nação ou landsmål. Dado que o país é uma nação-estado desde há mais de 200 anos, estes dous termos não eram demasiado jeitosos e decidiram, […]

  • O debate sobre a liberdade de expressão

    A liberdade de expressão é um direito protegido pola Declaração Universal dos Direitos Humanos e polas constituições de vários países. Em todas elas existem também restrições.

  • A Cruzada galeguista de ‘El Correo Gallego’

    Os 47 artigos em galego publicados por ‘El Correo Gallego’ entre 1 e 10 de janeiro deste ano contêm 153 erros no total (3,3 erros por notícia).

  • ANEXO: A Cruzada galeguista de ‘El Correo Gallego’

    Anexo do artigo «A Cruzada galeguista de ‘El Correo Gallego’», de Paulo Gamalho.

  • Os subsídios aos meios de comunicação ‘gallegos’

    Recolhi automaticamente da Web notícias de três jornais: La Voz, PGL e ABC. De cada jornal, juntei 10 milhões de carateres (10M) de texto.

  • As mentiras que nos contaram sobre o Reino de Galiza

    É hora, portanto, de reivindicar os nosso queridos psicopatas medievais, tão cruéis e assassinos como os castelhanos, mas que não merecem ficar na periferia mental do nosso inconsciente coletivo.

  • Xosé María Brañas e as memórias dum neno diglóssico

    Xosé María era um dos filhos da família Brañas, uns vizinhos diferentes ao resto: universitários e galeguistas.