Através produtora – Lançamento do “Guia do Caminho Português de Santiago”



Valentim Fagim, codiretor da Através Editora, apresenta o “Guia do Caminho Português de Santiago” com o seu autor, Antón Pombo, na livraria Couceiro em Compostela:


PUBLICIDADE

  • Pedro Lopes

    O caminho português de Santiago foi oficialmente inaugurado pelo presidente Marcelo Rebelo de Sousa em Évora que é digamos o km-0 do lado português, penso que todas as acções que visem um melhor aprofundamento das relações entre Portugal e a Galiza são benéficas mas acima de tudo para esbater situações gritantes que tenho testemunhado por terras galegas e falando com galegos mesmo em Portugal, nomeadamente, ainda existe censura na Galiza a começar pelos media galegos a tudo o que se refira ao reforço da identidade, cultura e língua galegas, penso que Portugal aqui deverá ter um papel no sentido de expor esta situação não será certamente através dos media com receio de algum conflito diplomático entre o estado português e espanhol, mas deverá ser feito através de uma maior presença e divulgação da cultura e língua portuguesa na Galiza, quer através do Instituo Camões quer através de outras organização com capacidade para o efeito e até inclusive brasileiras, quanto maior for a presença lusófona na Galiza maiores as probabilidades da sua identidade não se perder, portanto há aqui uma espécie de causa que os portugueses deviam abraçar não por qualquer interesse de negócio ou afim, mas porque o português sempre foi defensor da autodeterminação dos povos e da defesa da sua cultura e língua, inclusive até está plasmado no n.º 3 do art.º 7.º na nossa constituição e que passo a citar:
    “Portugal reconhece o direito dos povos à autodeterminação e independência e ao desenvolvimento, bem como o direito à insurreição contra todas as formas de opressão.”, creio que é esclarecedor.

  • abanhos

    Agora a fazermos o caminho unindo também os picos sacros de Braga, esse monte onde está o bom Jesus e o Sameiro, com o Pico Sacro de perto de Compostela