As aldeias das leitoras (VII): Friám



Publicado em   

Carlos C. Varela

Carlos C. Varela

Carlos Calvo Varela (Ordes, 1988) colaborou e colabora com diveros meios de comunicaçom, entre os quais Novas da Galiza, Praza Pública e o Portal Galego da Língua. Estudante de Antropologia e investigador, tem publicado numerosos artigos em portais web, revistas e livros, além de realizar um reconhecido labor como dinamizador social e cultural em coletivos de Compostela e Ordes.
Carlos C. Varela

Latest posts by Carlos C. Varela (see all)


PUBLICIDADE

  • Joám Lopes Facal

    Desfrutamos com as tuas eruditas toponimias, Carlos,e sentimos nom nos poder comunicar pola Rede. Cruel estupidez biopolíitica: vigiar e castigar.
    Comprovo a extensom do topónimo Freám na Corunha [Abegondo, Arteijo, Carnota –duas ocorrências– A Póvoa do Caraminhal], Lugo [Carvalheda, Chantada –duas ocorrências– Guntim, Muras, Pantom, O Savinhao, Germade], Pontevedra [A Estrada].
    Abundam na Galiza norte, escasseiam no sul.
    A hipótese Froilám tem a favor o sucesso imparável do onomástico na nossa Idade Média.