Altair e Semente recebem doações solidárias de autores e só[email protected] da AGAL



A Associaçom Galega da Língua continua a apoiar economicamente alguns projetos de grande interesse para o tecido cultural galego, graças aos contributos solidários de só[email protected] e autoras/es.

Altair Galiza recebe doaçom dos direitos de autor de mais dous livros da Através Editora

Altair Galiza recebeu no dia 5 deste mês, da mão do presidente da AGAL, Eduardo Maragoto, um cheque polo valor de 154 euros, a soma da doaçom dos direitos de autor de dous livros do selo editorial da entidade reintegracionista, a Através Editora. Trata-se do livro A imagem da Galiza em Portugal de Carlos Pazos, já esgotado, e outro de 2014, O Pequeno é Grande (A Agricultura familiar como alternativa: o caso galego), de Emílio Carral e Xoán Carlos Carreira. Os autores destes dous livros já tinham escolhido esta associaçom noutros anos para ceder os direitos de autor.

 

foto-altair-2018

Sede do Grupo Seteportas Altair (rua do Home Santo, Compostela), de esquerda a direita: Laura Crestar, Martín Mondragón (membros da equipa educativa do grupo Seteportas da Altair Galiza), Lucas Torres (coordenador da equipa e secretário da Escola de Educaçom nos Tempos Livres Altair Galiza), Eduardo Maragoto (presidente da AGAL) e Xoán Carlos Carreira (coautor de O Pequeno é Grande).

 

Autoras/es da Através e só[email protected] da AGAL em prol das Escolas Semente

Como nos anos anteriores, no ano 2018 a AGAL voltou a fazer umha doaçom económica às Escolas de Ensino Galego Semente. Este ano fôrom 566,95 euros, resultado da soma da doaçom dos direitos de autor de seis livros (Remédios para o Galego, de vários autores, O Crâneo de Castelao, coordenado por Carlos Quiroga, Eu violei o lobo feroz, de Teresa Moure, Breve História do Reintegracionismo, de Tiago Peres, Percursos sem roteiro, de Joám Facal e Livros que ninguém lê, de Isaac Lourido, este último já esgotado) e a quota de ajuda para a Semente que ativaram parte dos sócios e sócias da AGAL. Concretamente, 254,45 euros provêm dos direitos de autor/a e mais 312,50 euros dos contributos de só[email protected] A doaçom formalizou-se no novo espaço para o ensino primário aberto pola Semente na rua do Céu do bairro compostelano das Cancelas.

foto-semente-2018

No centro de Primária da Semente (rua do Céu, Compostela), de esquerda a direita, educadoras/es da Semente com o presidente da AGAL: Álvaro Mera, Marga Castelao, Sara Rey, Eduardo Maragoto, Sonia Garcia e Patricia Gamallo.

 

 

 


PUBLICIDADE