A AGAL num novo 25 de julho

livros, jornais, camisolas e provas de ortografia



 

Este ano, a AGAL voltou a participar nos diferentes atos para celebrar o 25 de julho realizados em Compostela com diferentes tipos de intervenções e implicando um grande número de sócios e sócias. Na véspera, umha delegaçom agálica estivo presente na mesa redonda organizada por Anova que reuniu José Manuel Beiras com a dirigente catalã Anna Gabriel, a basca Marian Beitialarrangoitia e a galega Gladys Alonso. A todas elas e a outros dirigentes da organizaçom política foi entregue o Fest-AGAL, que podes descarregar aqui: festagal2017.

No dia seguinte, nas manifestações convocadas polo BNG (às 12h) e por Causa Galiza (às 12h30) que partiam da Alameda, fôrom distribuídos 4000 exemplares desta publicaçom por umha dúzia de voluntários e voluntárias fardadas com camisolas alusivas ao filme Arrival e à sua famosa descoberta planetária (“o português nasceu no reino da Galiza”), da mesma maneira que muitos dos conteúdos do jornal. Ao mesmo tempo, dous ativistas disfarçados de astronautas-apicultores figérom pequenas provas ortográficas a muitos e muitas manifestantes para umha filiaçom simbólica na AGAL por seis meses, como podes ver no vídeo que acompanha esta notícia.

Na parte da tarde, umha delegaçom da AGAL visitou os atos político-festivos de várias organizações políticas, aproveitando para conversar e entregar o Fest-AGAL a dirigentes das mesmas, como En Marea, o Bloco de Esquerda português, CERNA e Compromiso por Galicia. Por parte de dirigentes destas duas últimas organizações recebemos notícias positivas em relaçom à aprovaçom da proposta de binormativismo que partiu de sócios da AGAL que som militantes destes partidos.

Por sua vez, o selo editorial da AGAL estivo presente ao longo do dia 25 na Romaria das Letras de Verão, na praça de Maçarelos, e no Festigal, no Câmpus Sul, com duas bancas de livros em que a publicaçom estrela deste ano (Atlas das Nações sem Estado na Europa) superou a meia centena de exemplares vendidos.


PUBLICIDADE