AGAL já é a.gal



Os presidentes da Asociación PuntoGal, Manuel González González, e da Associaçom Galega da Língua (AGAL), Eduardo Maragoto, assinárom um convénio de colaboraçom que, entre outras açons, inclui a cesom do domínio a.gal à entidade reintegracionista. Este novo endereço enquadra-se no compromisso da AGAL com a utilizaçom do .gal desde o primeiro momento em sites como agal.gal, pgl.gal ou feirando.gal. Entretanto, a AGAL compromete-se a dar cobertura às atividades realizadas pola PuntoGal para promover a utilizaçom do domínio através dos seus órgaos de expressom.

a_gal

Domínios de umha letra

Os domínios de umha só letra apenas podem ser adjudicados, via convénio, a entidades que tiverem algum tipo de relevância dentro da sociedade galega em qualquer dos seus âmbitos. Graças a este convénio, a AGAL vai poder utilizar o domínio Premium de umha letra a.gal.

Segundo sinalou o presidente da PuntoGal, Manuel González, “Cumpre juntarmos as forças de todo o associacionismo comprometido com o galego para lhe dar um pulo absolutamente necessário ao processo de expansom social da nossa língua. E na conjunçom destas sinergias a PuntoGal deve ser um elemento nuclear, um necessário lugar de encontro, a casa comum”.

“Neste caso particular dá-se a feliz coincidência de o nome da associaçom encaixar maravilhosamente bem no domínio .gal, mas o fundamental é a promoçom deste tipo de domínios porque som umha maneira imprescindível de fortalecer umha identidade galega digital”, afirmou Maragoto após o ato de assinatura.

a

PuntoGal e AGAL

PuntoGal, que já conseguiu quase os cinco mil domínios registados, vai continuar a promover este tipo de convénios, fundamentalmente “em novos projetos relacionados com a língua, a cultura e a tecnologia, os três eixos centrais da nossa atuaçom, como a AGAL, que tem o trabalho com a língua no seu própio ADN”, lembra o diretor geral da PuntoGal, Darío Janeiro, presente também no ato.

Para Janeiro “é mais umha forma de assinalar a releváncia que damos às entidades dentro do projeto comum do domínio galego. Igualmente, as sócias e sócios da AGAL obtêm domínios a um preço mais reduzido, com o objetivo de propagar o seu uso o máximo possível”.

Por sua vez, Maragoto assinalou que “os sites da AGAL têm milhares de visitantes procedentes de outros territórios lusófonos, especialmente do Brasil, o qual dá ao domínio .gal umha difusom internacional necessária para difundir a identidade galega na rede”.

O convénio entre as duas entidades inclui, igualmente, a possibilidade de as associadas e associados poderem comprar um domínio .gal ao preço reduzido de 13 euros mais IVA. Para fazerem efetiva a oferta, devem utilizar uns códigos promocionais através dos registadores que colaboram na promoçom, a Dinahosting e a Entorno Digital.


PUBLICIDADE