Comunicado AGAL – Dia das Letras 2017

No centenário das Aparições, a mãe de todas as manifestações



AGAL LOGO DECALOGO

Mais um ano, a Associaçom Galega da Língua (AGAL) secunda a convocatória de mani-festa-açom que a plataforma Queremos Galego realiza com motivo das Letras Galegas. Voltamos a fazê-lo com sentido do humor, parodiando até a nossa própria causa, porque acreditamos ser esta umha das melhores armas para transmitir optimismo e motivaçom a um movimento que muitas vezes quijo ter mais razões para queixar-se do que para celebrar.

É verdade que há motivos para indignar-se, mas muitíssimos mais sorrir ao futuro, celebrando a sortede pertencera umha Lusofonia que cada vez convoca mais gente galega, quer diantes dos televisores para ouvir Salvador Sobral quer viajando a Fátima para ouvir o papa. Ambos se expressárom em galego e nós sabemo-lo. Falta que o saibam @s demais e nisso andamos. No ano passado fôrom os irmã(o)s da Fala os que resuscitárom para nos dar umha mãozinha neste labore desta vez voltaremos a contar com umha ajudinha: os pastorinhos de Fátima.

fatima3

Assim, no centenário das Aparições da Nossa Senhora de Fátima a duas pastorinhas e um pastorinho na Cova da Iria, freguesia de Fátima, concelho de Ourém, em Portugal, estamos em condições de assegurar que ela reaparecerá hoje para anunciar ao nosso “segredário” a 4ª parte do mistério de Fátima. Este segredo teria passado desapercebido a Sor Lúcia antes da sua passagem por diferentes conventos galegos, e nom era outra cousa que a conversom galega ao dogma lusófono, do qual temos tido indícios muito evidentes nos últimos anos, principalmente a providencial aprovaçom por unanimidade da Lei Paz Andrade e a nom menos divinal nomeaçom de Vítor Freixanes como presidente da RAG. Vinte e seis anos depois do conversom da Rússia que anunciava a 2ª parte do segredo de Fátima, aproxima-se agora o cumprimento integral da Lei Paz Andrade e a conversom da Galiza, reveladas pola 4ª.

Entre os objetivos da AGAL para este ano encontra-se portanto o de promover a devoçom pola mais querida virgem lusitana, nomeadamente entre os novos sócios e sócias, que receberám umha estampa da Nª Sra. de Fátima pregando o NH aos pastorinhos. Nom podia ser doutra forma quando ela nos traz notícias tam promissoras para o futuro da nossa língua.

fatima2

Amar pelos Dois (Salvador Sobral)

(Traduzida para o galego por cortesia da AGAL)

Se um dia alguém perguntar por mim

Diz que vivi para te amar

Antes de ti, só existi

Cansado e sem nada para dar

Meu bem, ouve as minhas preces

Peço que regresses, que me voltes a querer

Eu sei que não se ama sozinho

Talvez, devagarinho, possas voltar a aprender

Meu bem, ouve as minhas preces

Peço que regresses, que me voltes a querer

Eu sei que não se ama sozinho

Talvez, devagarinho, possas voltar a aprender

Se o teu coração não quiser ceder

Não sentir paixão, não quiser sofrer

Sem fazer planos do que virá depois

O meu coração pode amar pelos dois


PUBLICIDADE